15/11/2019

Cientistas confirmam o que as pessoas veem antes de morrer



A cena tão repetida nos filmes, na qual o protagonista vê sua vida inteira passar diante de seus olhos antes de morrer, pode ir além da ficção e se assemelhar ao que ocorre na vida – ou na morte – real.

Porque a compra do Alasca pelos EUA foi um dos melhores negócios da história

Este foi o cheque com que os Estados Unidos compraram o Alasca


Em 1867, uma autoridade dos EUA se viu alvo de piadas impiedosas por ter autorizado uma compra considerada extravagante com recursos públicos.
Os Estados Unidos tinham acabado de pagar US$ 7,2 milhões ao governo imperial russo pelo território do Alasca, uma imensidão isolada que não parecia ter utilidade econômica alguma.

2045: o ano em que os computadores assumirão o poder



Um computador vai escrever o melhor romance de todos os tempos em um segundo, resolver o maior mistério da ciência em um décimo de segundo e descobrir o sentido da vida, do universo e tudo o mais em menos tempo do que você leva para terminar este parágrafo. Muitos de nós provavelmente estarão vivos quando esse dia chegar. O problema é saber como será o dia seguinte...

Vinho com mais de 1.600 anos intriga a ciência



Ninguém ainda provou da bebida mais antiga de que se tem notícia!

Quando, em 1867, pesquisadores deram início às escavações na cidade alemã de Speyer, não suspeitavam que, além dos restos do nobre romano que procuravam, encontrariam no local várias garrafas de vinho produzidas entres os anos 325 e 359.

Amamentação não torna crianças mais inteligentes, diz estudo



A amamentação é uma prática essencial para mães e bebês, mas não tem relação direta com fatores como a inteligência ou comportamento dos filhos. É o que defende um estudo realizado na University College Dublin, publicado na revista científica Pediatrics. Aspectos como a escolaridade da mãe e classe social da família seriam, segundo os pesquisadores, mais determinantes para a personalidade e desenvolvimento intelectual das crianças.

Humanos estão aprendendo a se localizar usando eco, como golfinhos



Morcegos e golfinhos não precisam enxergar bem para se localizar no ar e no oceano. Eles dependem da ecolocalização. Em termos simples: fazem barulho, esperam as ondas sonoras baterem nos obstáculos à frente e voltarem. Ecos mais rápidos significam obstáculos mais próximos e a intensidade do som que retorna também provê informações sobre o ambiente ao redor.

14/11/2019

O que aconteceria no mundo se o GPS parasse de funcionar



O que aconteceria se os sistemas de GPS parassem de funcionar?
Para começar, teríamos que usar nossos cérebros para prestar atenção para o mundo ao redor de nós quando fôssemos de A a B. Talvez isso não fosse algo ruim: teríamos menos probabilidade de parar em rios e penhascos por causa da nossa confiança cega nas ferramentas de navegação.
Você provavelmente já ouviu várias histórias sobre pessoas que se perderam justamente por causa do GPS.

Veneza enfrenta pior cheia em 50 anos



Veneza registra sua maior cheia em mais de 50 anos. A prefeitura da cidade decretou estado de emergência nesta quarta-feira (13/11). Pouco antes da meia-noite, o nível da água atingiu 1,87 metro acima do nível do mar.

O prefeito de Veneza, Luigi Brugnaro, culpou as mudanças climáticas pela "situação dramática" na cidade. "Pedimos ao governo que nos ajude, os custos serão altos", afirmou.

A cultura humilhada e relegada ao Ministério do Turismo



No turbilhão de notícias políticas que agitam o Brasil, passou despercebida a grave decisão do presidente Jair Bolsonaro de relegar a cultura ao Ministério de Turismo. Assim que este Governo nasceu, percebeu-se imediatamente que a rica cultura brasileira seria a gata borralheira que não interessava a ninguém.
O primeiro Governo já nasceu com a cultura sem a categoria de ministério. Primeiro, foi abandonada no Ministério da Cidadania. Ali tampouco parece ter interessado, e agora Bolsonaro acaba de aprisioná-la no Ministério do Turismo. Será que a cultura mete tanto medo, ou é um caso de desprezo por algo que se considera inútil?

O governo Bolsonaro está no caminho certo para impulsionar a economia?



Talvez tivesse sido útil para o ministro da Economia, Paulo Guedes, testar seu recém-apresentado  pacote de reformas num chamado elevator pitch ("discurso de elevador") – ou seja, tentar convencer alguém influente durante a duração de uma viagem de elevador, ou seja, no máximo 30 segundos.

Porque é exatamente isso que falta ao Plano Mais Brasil: trata-se de um pacote abrangente de reformas com muitas medidas individuais, das quais muitas são pertinentes, mas difíceis de explicar em uma ou duas frases.

Mulheres negras recebem menos da metade do salário dos homens brancos no Brasil



As mulheres pretas ou pardas continuam na base da desigualdade de renda no Brasil. No ano passado, elas receberam, em média, menos da metade dos salários dos homens brancos (44,4%), que ocupam o topo da escala de remuneração no país. Atrás deles, estão as mulheres brancas, que possuem rendimentos superiores não apenas aos das mulheres pretas ou pardas, como também aos dos homens pretos ou pardos. Os dados fazem parte da pesquisa Desigualdades Sociais por Cor ou Raça publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.

13/11/2019

A origem da vida pode estar escondida nos diamantes



A análise dos materiais que se incrustam em diamantes durante seu período de formação, centenas de quilômetros abaixo da terra, fornecem dados essenciais para entender as origens da vida planetária. Uma das descobertas trazidas por eles foi a existência de oceanos gigantescos no interior da crosta terrestre,  de acordo com estudos do programa Deep Carbon Observatory (DCO), formado por um grupo internacional de cientistas.

Startups estão mudando o cenário econômico no Brasil



"Dez anos atrás, os melhores alunos do Brasil iam fazer carreira em grandes empresas", diz Martín Escobari, chefe para a América Latina da General Atlantic (GA), gigante americana de private equity que administra investimentos em todo o mundo. "Hoje eles iniciam startups."

Um dos motivos é o sucesso rápido e crescente desses empreendedores: há poucos anos, quase ninguém no Brasil sabia o que era uma startup unicórnio, ou seja, uma startup que vale mais de um bilhão de dólares.

Arábia Saudita rotula feminismo como "extremismo"



Um vídeo promocional da Arábia Saudita publicado pela agência de segurança estatal classificou o feminismo, a homossexualidade e o ateísmo como "ideias extremistas". A publicação foi postada no final de semana numa conta oficial do reino ultraconservador.

"Não se esqueça que o excesso de qualquer coisa à custa da pátria é considerado extremismo", ressaltou o vídeo.

Dois terços dos brasileiros acreditam em informações falsas sobre vacinação



O Brasil sofre com uma epidemia de informações falsas. De acordo com uma pesquisa realizada pela ONG Avaaz, em parceria com a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), 67% dos brasileiros acreditam em ao menos uma fake news sobre vacinação, sendo que as mentiras chegam principalmente via redes sociais.

Ao menos 48% das 2 mil pessoas entrevistadas pelo Ibope para o estudo – maiores de 16 anos, em todos os Estados – disseram que redes ou canais como Facebook, YouTube, Instagram e WhatsApp são suas principais fontes de informação em relação às vacinas. Essa fontes se revelaram mais recorrentes que o Ministério da Saúde ou médicos.