15/07/2017

O cientista que conseguiu ressuscitar cães



Na década de 1930, o cientista americano Robert E. Cornish ganhou fama com seus experimentos de reanimação. Formado com honras pela Universidade da Califórnia em Berkeley, nos EUA, com apenas 18 anos, Cornish buscou inspiração em filmes de propaganda soviética, que mostravam os avanços médicos em matéria de reanimação desenvolvidos do outro lado da Cortina de Ferro.



Após vários experimentos fracassados, Dr. Cornish conseguiu, em 1934, ressuscitar dois cachorros da raça fox terrier que haviam sido sacrificados horas antes. Embora os cães tenham voltado à vida, os danos cerebrais profundos que apresentavam os mantinham em estado de semiconsciência.

Após a reanimação dos cães, Cornish quis experimentar o procedimento em seres humanos. Inclusive Thomas McMonigle, um assassino condenado à morte, ofereceu seu corpo para ser usado no teste. No entanto, o estado da Califórnia considerou que as pesquisas de Cornish não eram éticas e proibiu os experimentos.

O cientista morreu em 1963, aos 60 anos. Atualmente, várias técnicas médicas estão baseadas em suas pesquisas.

la brujula verde
seuhistory

Nenhum comentário:

Postar um comentário