17/09/2017

A ciência explica como ter o primeiro encontro perfeito

O encontro com maior chance de dar certo também é aquele que causa menos constrangimento quando as coisas dão errado.

"Manual do amor". Em um dos experimentos mais recentes, a professora Marisa Cohen analisou quais comportamentos fazem homens e mulheres sentirem que estão se dando bem. Os resultados são (obviamente) muito diferentes para cada gênero.

Se você sai com mulheres: fale sobre elas. Para elas, essa é uma das principais provas de que o encontro está indo bem. Se você sai com homens: fale sobre você - eles sentem que estão acertando quando a mulher consegue se abrir o suficiente para contar o que se passa com ela. Pelo menos para os heterossexuais, se o assunto é a mulher, existem boas chances de todo mundo estar satisfeito.
As moças do estudo também mostraram uma preferência por serem interrompidas. Polêmico? Pois não saia cortando a garota. Quando analisaram os resultados, os pesquisadores perceberam que o efeito acontecia quando a outra pessoa curtia tanto o assunto que acabava se empolgando demais e falando ao mesmo tempo que a mulher.
Também é bom esquecer aquela história de olhar profundamente nos olhos para mostrar interesse. Isso acaba sendo assustador: a pessoa acha que está sendo confrontada e vai criar resistência a qualquer coisa que você tenha a dizer.
Falando em conversar, parece que o resultado do primeiro encontro já vem escondido nas palavras. Segundo a pesquisadora Molly Ireland, da Universidade Tecnológica do Texas, o jeito mais certeiro de prever se duas pessoas vão se dar bem é se elas usam o mesmo tipo de vocabulário - os mesmos pronomes e artigos, por exemplo. Nesse caso, os gaúchos e cariocas com seu "tu" tem menos chance de ter um bom encontro com paulistas, mas dariam certo entre si.

Por Ana Carolina Leonardi  
Editado por Carol Castro
super 

Nenhum comentário:

Postar um comentário