19/09/2017

Este 'superalimento' poderá acabar com a fome mundial



A quinoa é cultivada pelos povos nativos da América do Sul há mais de 7 mil anos. Mas foi só na década de 1990 que o mundo começou a dar mais atenção a esse pseudocereal, que, segundo os especialistas, poderá acabar com a fome no mundo.

As sementes de quinoa medem menos de 3 mm de diâmetro, mas guardam no seu interior um verdadeiro tesouro nutricional. O alimento é rico em aminoácidos, ferro, magnésio, antioxidantes, fósforo, potássio e cálcio. Além disso, fornece quantidades significativas de vitaminas B, C, E e fibras, além de não conter glúten, o que a torna apta para celíacos e alérgicos a essa substância. Por esses motivos, a quinoa é conhecida como um superalimento.

Além de suas qualidades saudáveis extraordinárias, a quinoa é uma planta muito fácil de ser cultivada e capaz de se adaptar a temperaturas de -4ºC até 38ºC, umidades relativas de 40 a 88% e precipitações de até 200 mm.

Todas essas características fazem com que a quinoa possa ser a chave para garantir a segurança alimentar de todo o planeta.



abc
seuhistory

Nenhum comentário:

Postar um comentário