19/09/2017

Rocha 'da mala' Loures quer anular provas contra ele e Temer



Investigadores dizem que, se ficar comprovado que Joesley Batista foi orientado pelo então procurador Marcello Miller a gravar Temer, a nulidade da prova pode beneficiar não só o peemedebista, mas também o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures.

Essa tese considera que, se os investigadores chegaram à mala de R$ 500 mil de Rocha Loures apenas com base na gravação do diálogo, essa prova também terá de ser descartada.
O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), presidente da CPMI da JBS, vai pedir à PGR informações de entrada e saída e tempo de permanência de Marcello Miller na sede da instituição desde janeiro de 2016. O mesmo para a JBS.
As informações são da Coluna do Estadão.

conteúdo
Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário