29/11/2017

As nove partes da alma humana, segundo antiga religião egípcia



A complexa religião que prevaleceu durante os quase 3 mil anos do Antigo Império Egípcio considerava que a alma humana era constituída por nove partes separadas, que, juntas, formavam um indivíduo.

Conheça:
Jb: Assim era chamado o coração, um fator relacionado ao além. Acreditava-se que essa parte era formada por uma gota de sangue do coração da mãe.

Shuyet: A sombra representava a continuidade na integridade do ser.

Ren: O nome dado no nascimento era o que definia a vida. Uma pessoa existia de acordo com seu nome.

Bâ: A personalidade resumia as qualidades que faziam com que cada pessoa fosse única e diferente das outras.

Ka: A chama da vida era o fator que separava as pessoas vivas das mortas.

Khat: O corpo físico é citado na antiga mitologia egípcia como a ligação entre a alma e a vida terrena.

Akh: O ser imortal representava a união mágica entre Ba, a personalidade, e Ka, a chama da vida.

Sahu: O juiz, o fantasma e o ser etéreo, capazes de se integrar aos outros aspectos da alma no momento do seu julgamento após a morte.

Sechem: Parte da alma ligada ao poder vital e capaz de lidar com as circunstâncias externas.



codigo oculto
seuhistory

Nenhum comentário:

Postar um comentário