18/11/2017

Cientistas solucionam parte do mistério dos Moais



Os Moais, cabeças gigantes da Ilha de Páscoa, intrigam os arqueólogos há séculos. Mas agora uma nova pesquisa poderá fornecer dados cruciais para revelar o mistério de sua construção.

Quando os navegantes europeus chegaram à ilha, em 1722, encontraram quase 900 estátuas espalhadas pela região, uma quantidade desproporcional, se considerarmos que, no local, viviam apenas 1.700 pessoas.

Um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, realizou recentemente uma projeção histórica da população da ilha e concluiu que, no seu auge, podem ter vivido quase 18 mil pessoas na região.

Embora esses novos dados possam esclarecer o mistério da construção dos Moais, o modo com que os nativos, por séculos completamente isolados do resto do mundo, conseguiram transportar as esculturas monumentais continua sendo um mistério.
 

RT
seuhistory

Nenhum comentário:

Postar um comentário