02/02/2018

4 projetos incríveis da DARPA que podem mudar o futuro da humanidade



Embora só tenha se tornado popular há algumas décadas, o programa americano DARPA (sigla em inglês para Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa) nasceu muito tempo antes, mais exatamente depois de o satélite soviético Sputnik ter sido lançado no espaço, com o objetivo de liderar os avanços tecnológicos no mundo. Abaixo, listamos alguns de seus projetos de maior destaque:

Reprodução RAM: A “Restauração da Memória Ativa” tem como objetivo aperfeiçoar a capacidade dos seres humanos de recordar episódios e habilidades aprendidas. Pesquisas realizadas com animais demonstraram que as lembranças são armazenadas e ativadas durante os estágios de sono e vigília, por meio de um processo similar ao que é usado para codificar uma memória RAM utilizada nos aparelhos eletrônicos.

Robô Tático Autônomo de Energia: O Energy Autonomous Tactical Robot (EATR), um dos projetos mais ambiciosas da DARPA, é um robô autônomo capaz de utilizar biomassa, ou seja, material vegetal, para se reabastecer de energia. Ele também se alimenta de gasolina, óleo combustível, querosene, diesel, propano, carvão, óleo de cozinha e energia solar. Em poucas palavras, é capaz de funcionar como qualquer fonte de energia disponível em um local.

Redes narrativas: Determinar de que maneira as histórias narrativas afetam o pensamento e o comportamento humano é objeto de estudo há muito tempo. Com o surgimento dos extremismos (como o terrorismo) e as novas mídias digitais, esse tipo de pesquisa foi aprofundado. O projeto está focado na análise de redes sociais e nas expressões faciais e ressonância magnética dos indivíduos.

Predadores de agentes patogênicos: A resistência demonstrada pelas bactérias diante dos antibióticos está crescendo rapidamente. Hoje em dia, essa é uma das principais ameaças para a vida humana. Por isso, o projeto tem como objetivo manipular bactérias para transformá-las em predadoras de outras bactérias nocivas para a saúde do homem.



super curioso
seuhistory

Nenhum comentário:

Postar um comentário