30/04/2018

21 dos 51 deputados do PP de Ricardo Barros são investigados por corrupção



Dono da segunda maior bancada da Câmara, com 51 deputados – empatado com o MDB - o PP, que tem o deputado Ricardo Barros como seu presidente no Paraná, também é recordista em políticos investigados: 21 deputados, 4 deles já réus no Supremo Tribunal Federal.

O partido está envolvido em esquemas de corrupção há mais de dez anos. Na distribuição do fundo partidário, que leva em conta o número de parlamentares eleitos na última disputa, o PP recebe R$ 4,2 milhões por mês.
No início deste mês, a PGR denunciou o líder da bancada, deputado Arthur Lira, e pediu a perda de seu mandato. O parlamentar é acusado de ter recebido propina de presidente da Companhia Brasileira de Transportes Urbanos (CBTU) em troca de mantê-lo no cargo.

conteúdo
Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário