04/07/2018

MDB não vai pagar campanha de Meirelles para presidente



O presidente do MDB, o senador Romero Jucá (MDB-RR) anunciou nesta terça-feira a divisão dos recursos do fundo partidário para as eleições deste ano e disse que Meirelles irá mesmo financiar sua campanha presidencial do próprio bolso. Multimilionário, o ex-ministro anunciou na semana passada que bancará até R$ 70 milhões sua candidatura de 1%.

“A gente acredita na candidatura do Meirelles, que tem condições de bancar sua própria candidatura. A questão do financiamento [próprio] ajuda. Em política, tudo que ajuda é bem vindo”, avaliou Jucá. Do total de R$ 234 milhões a que o MDB tem direito, senadores com mandato receberão R$ 2 milhões; deputados com mandato, R$ 1,5 milhão. Somam R$ 69,6 milhões os recursos que serão encaminhados às campanhas de mulheres emedebistas (30% do total).
O saldo de R$ 54 milhões será dividido entre os diretórios estaduais usando os critérios de distribuição previstos no Estatuto do MDB. Como dito, não será gasto dinheiro com a campanha presidencial. Jucá reclamou que os R$ 234 milhões são insuficientes. “Faltam recursos. A dificuldade é muito grande. Fui um dos poucos que falou que esse dinheiro é insuficiente para fazer campanha”. A prioridade do fundo eleitoral do MDB, disse, é eleger deputados e senadores. “Candidatos a governador terão um pouco de recursos do fundo eleitoral, mas não dá para carimbar”, avaliou Jucá.
Leia mais aqui.

conteúdo
Brasil 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário