20/09/2018

Melhoria do estado depende dos índices sociais, aponta João Arruda na OAB



O candidato a governador do Paraná João Arruda (MDB) esteve na noite desta terça-feira (18-09) na sede da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Paraná para conversar com os representantes da classe jurídica. João apresentou o projeto econômico da candidatura e comentou os recentes fatos políticos do estado.
O candidato ressaltou a necessidade de investimentos em setores com capacidade de melhorar os indicadores sociais do estado, como saúde e educação. “Temos 90% das famílias endividadas, porque o governo potencializou a crise nacional. Aumentaram impostos, água, luz. Assim, o paranaense não teve como enfrentar a crise. Tivemos uma melhora da arrecadação, mas o poder público não se solidarizou aos paranaenses. Nós vamos trocar impostos por empregos e aumentar o poder de compra. Quando todos pagam menos, o governo arrecada mais”, relacionou.
 
João também destacou a importância dos setores produtivos do Paraná, em especial a vocação agropecuária. “Meu adversário fala muito do agronegócio e dos grandes exportadores. Claro que quero ouvir o agronegócio, fazer investimentos importantes em infraestrutura, no porto, nos aeroportos, mas precisamos prestar muita atenção nos pequenos produtores, que representam 70% das propriedades no Paraná. Vamos colocar a Iapar e a Emater à disposição desses produtores.”


João Arruda agradeceu o convite da entidade e sugeriu novos eventos para aprofundar o debate qualificado. “Me sinto muito honrado em participar da sabatina, mas a Ordem poderia até fazer um debate. Há um candidato que não tem participado dos debates, o que é ruim para a democracia. Quando não se debate, não se dá a oportunidade de o eleitor avaliar e confrontar propostas e ideias, pois candidatos se escondem atrás de apresentadoras de TV.”

#JoãoArruda15

Nenhum comentário:

Postar um comentário