27/09/2018

Queda do preço de luz, água e gás vai impulsionar economia do Estado, diz João Arruda a emissoras do grupo RIC



Diminuir as contas de água, luz e o ICMS que incide sobre o gás de cozinha, para melhorar a distribuição de renda da população e, consequentemente, impulsionar a economia do Paraná. Essa é uma das propostas trazidas pelo candidato do MDB ao governo do Estado, João Arruda, em entrevistas ao programa RIC Mais Notícias, da Rádio Jovem Pan, e ao Paraná no Ar, da RIC TV, concedidas na manhã desta terça-feira (26).
Ao responder à pergunta de um ouvinte sobre a ideia de baixar água, luz e gás, João citou que a medida permitirá que sobre mais dinheiro para as famílias, o que movimentará o comércio e reduzirá o alto índice de endividamento dos paranaenses.
 
A outro ouvinte, que perguntou sobre a continuação dos pedágios, João comentou que não será prorrogado o contrato que termina em 2021. “Será implantado um novo modelo de concessão, com uma tarifa mais justa e fiscalizando as empresas para que façam os investimentos assumidos”, afirmou.
 
João também reafirmou sua admiração pelo senador Roberto Requião, tio dele, mas salientando que possui sua própria linha política. “Eu aprendi com o próprio Requião a governar de maneira independente. Não tenho compromisso de cargos com ninguém, apenas com o interesse do Paraná”.   
 
A concessão de reajuste aos servidores públicos foi outro tema abordado. “Não posso prometer reajuste salarial antes de verificar o orçamento e saber como está o caixa do Estado. A partir do ano que vem vamos analisar as finanças e, dentro das possibilidades, aumentar os salários e fazer investimentos”
 
O candidato ainda falou que quer fortalecer o agronegócio e investir no Porto de Paranaguá, “Quero tornar o Porto de Paranaguá um dos 20 mais eficientes do mundo”. Já na área de segurança pública reiterou que é preciso fazer o básico. “Precisamos colocar a polícia na rua com equipamentos adequados, coletes à prova de balas que não estejam vencidos, viaturas em pleno funcionamento e investir no sistema carcerário, para atender os presos provisórios, já que as delegacias de polícia viraram cadeiões”.
 
Sobre as pesquisas eleitorais, João falou que, mesmo com a credibilidade duvidosa de algumas delas, é nítido o crescimento expressivo de sua candidatura. “Afinal, mesmo assim fui o candidato que mais cresceu nas pesquisas e vou para o segundo turno com certeza”, afirmou.

#JoãoArruda15

Nenhum comentário:

Postar um comentário