15/10/2018

Lenda Viva da História Paranaense - O homem que dirigiu o primeiro carro de Ivaiporã



Vale do Ivaí, a região historicamente conhecida como a que mais produz grãos no Paraná, é também palco da história de uma lenda viva...

Pedro Nunes dos Santos, o 1° homem a dirigir um veículo de praça em Ivaiporã, no coração do Vale do Ivaí!
Era final da década de 40 e quase se iniciando os anos 50, precisamente o ano de 1.949, o então jovem garoto, conhecido em Ivaiporã e região como "Pedrinho do Estevo", apelido de Pedro Nunes dos Santos, nascido em 31 de agosto de 1.933 em Faxinal, com 16 anos (naquela época podia dirigir) recém completados no final de agosto daquele ano de 1.949, já era um experiente motorista do "jipão" de seu pai, senhor Estevão Marciano dos Santos, fazendo corridas por toda a região do Vale do Ivaí.
Aonde passava, era alegria e surpresa da população, por, pela primeira vez, verem de perto o "jipão" pilotado com maestria pelo "Pedrinho do Estevo".

"Jipão" era o Jeep Willys ano 1.948, primeiro veículo de Ivaiporã na praça.
70 anos depois, em 11 de outubro de 2.018, fui encontrar o "Pedrinho do Estevo", agora seu Pedro Nunes, morando em Marechal Cândido Rondon, esbanjando alegria, saúde e disposição, que faz muitos garotos de 18 anos de hoje sentirem inveja.
Seu Pedro Nunes mora há quase 40 anos em Marechal, aonde é muito querido pela população, ainda trabalha, cuidando da empresa de seu filho Max, a DIGMAX, cumprindo expediente de segunda a sábado, haja energia...
A DIGMAX é ponto obrigatório de peregrinação para o pessoal bater aquele papo com o seu Pedro....
É um orgulho e satisfação conhecer esta lenda viva da história do Vale do Ivaí e do Paraná, assim como é um orgulho maior ser seu sobrinho neto, ele é irmão de minha avó Claudiana, mãe de meu pai.
E a conversa foi longa, conversamos sobre tudo um pouco, até fiz um vídeo com ele para termos esta lembrança especial para a posteridade:

Pensa uma pessoa fantástica, animado e de um humor e irreverência únicos.
Uma verdadeira lição de vida!
Hoje é viúvo, minha tia avó faleceu 03 anos atrás, após um casamento de quase 60 anos. Pai de 03 filhos, Máximo, Estevão e Sueli, avô e bisavô!
Sua família herdou sua simpatia, bom humor e dedicação!
Um exemplo a ser seguido!
Obrigado pelo prazer de sua companhia meu tio avô!
E fica a lembrança sua como "Pedrinho do Estevo"...