04/10/2018

Mais polícia e menos imposto: João Arruda explica propostas a eleitores da zona Sul de Curitiba



O candidato a governador do Paraná pelo MDB João Arruda e sua vice, a professora Eliana Cortez, participaram de uma caminhada pelos terminais de ônibus do Fazendinha e Caiuá e o comércio da zona Sul de Curitiba, na manhã desta segunda-feira (01).
Dezenas de usuários do transporte público, taxistas e moradores prestaram apoio aos candidatos que representam a verdadeira mudança no Estado, como a agente administrativo do Município, Marlene Rosa da Costa, que revelou seu voto porque com João serão retomados os programas voltados aos paranaenses adotados nos governos anteriores do MDB.  
"Nossa família toda votará no João Arruda. Com ele, sabemos que não seremos abandonados como nos últimos anos, quando políticos prometeram mundos e fundos e olha como nós ficamos. Além disso, ele é sobrinho do melhor governador que o Paraná já teve, o Requião", declarou Marlene.
 
O vendedor de carros Ismael Correa Oliveira declarou-se indignado com a situação atual do Paraná. “Se passar a eleição e o candidato que for eleito não der um jeito na situação do nosso estado, eu vou embora do país”, disse. João Arruda reiterou que a situação dos paranaenses é muito pior que em muitos lugares do Brasil. “As famílias do Paraná estão muito endividadas, bem mais que a média nacional. Parte da culpa disso é do governo Richa e Ratinho Júnior, que aumentou as tarifas da água, da luz e os impostos”, afirmou o emedebista.
 

Na Vila Sandra

João Arruda caminhou também pelas ruas da Vila Sandra, na Cidade Industrial de Curitiba. Lá, conversou com a confeiteira Odete Araújo, que perguntou o que seria feito para resolver a questão da segurança pública. "É muito assalto aqui no nosso bairro e muitas vezes parece que a gente vive um toque de recolher. Dificilmente tem viatura de polícia por aqui", lamentou a moradora.
 
João apresentou sua proposta de colocar os policiais para atuarem junto às comunidades. "Vamos fazer o que eles não fizeram até agora, colocar a polícia nas ruas, com combustível nas viaturas, manutenção, qualificação, capacitação, tecnologia, armamento, coletes à prova de bala que não estejam vencidos e fazer a integração da polícia com os líderes de conselhos comunitários”, comentou o candidato do MDB.

"As ideias e propostas do João são voltadas para nós, os pequenos empresários paranaenses. Votarei nele, sim, para podermos criar mais oportunidades de trabalho”, disse o comerciante Marcelo Fernandes, dono de uma loja de produtos eletrônicos no bairro.

#JoãoArruda15

Nenhum comentário:

Postar um comentário