03/10/2018

Secretários municipais concordam com João Arruda e pedem estruturas de Saúde funcionando e atendimento regionalizado



Na avaliação dos secretários municipais de Saúde da Região Metropolitana de Curitiba, as estruturas de saúde do Estado não são aproveitadas por falta de pessoal ou de planejamento pelo governo estadual. E atacar esse problema é justamente o ponto principal do plano de governo de João Arruda para recuperar a Saúde do Paraná, sucateada após oito anos de governo Beto Richa e Ratinho Júnior.

O tema foi debatido em reunião do Conselho Regional das Secretarias Municipais de Saúde da Região Metropolitana de Curitiba (Crescems/RMC), na sexta-feira (28). Na ocasião, representantes de oito municípios conheceram com detalhes os programas que o candidato a governador pelo MDB pretende implantar na saúde. Os secretários municipais também mostraram o quadro atual e apresentaram suas demandas.

Além de recuperar as estruturas que estão sem funcionar por falta de gestão, outro pedido recorrente dos secretários é a maior descentralização na saúde – outra das propostas de João Arruda. O candidato do MDB planeja implantar unidades regionais de médio porte, com 40 a 50 leitos, para evitar que moradores dessas regiões continuem precisando se deslocar para Curitiba ou outros centros para receber atendimento especializado. 

Desde o início da campanha, João vem defendendo que antes de fazer grandes obras e investimentos, é preciso racionalizar os custos e colocar para funcionar a estrutura existente. O candidato tem mostrado casos como o do Hospital de Telêmaco Borba, que deixou de funcionar pela simples falta de um relê para ligar a energia elétrica. Também mostrou a Maternidade de Paranaguá, pronta há um ano e que o Estado não colocou para funcionar.

A reunião do Crescems aconteceu em Araucária. Além do secretário de Saúde do Município, Carlos Alberto de Andrade, estiveram presentes secretários dos municípios de Agudos do Sul, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e Lapa.


#JoãoArruda15

Nenhum comentário:

Postar um comentário