24/11/2018

Veja como melhorar a memória e o humor com a ajuda da dieta



Em geral, quem começa uma dieta tem um objetivo em mente: emagrecer. Porém, alguns cardápios novos estão indo além da questão de peso e sugerem uma seleção de alimentos não apenas para ajustar a silhueta, mas para fazer você se sentir melhor.

Entrando nessa onda, o jornal britânico Daily Mail divulgou a “dieta do cérebro”, baseada em pesquisas que defendem que certos alimentos não são apenas fontes de nutrientes, mas também aliados para combater o mau-humor, aumentar a concentração, melhorar a memória ou manter você alerta.
Confira abaixo quais alimentos podem ajudar o seu cérebro a funcionar bem e fazer com que você tenha um dia mais produtivo:
Para aumentar a concentração
Tem dias que parece que o trabalho não rende, certo? Por mais foco que busquemos, sempre tem algo que acaba nos distraindo. Se você precisa de concentração, a dica dos especialistas é incluir ômega-3 nas suas refeições. O nutriente pode ser encontrado em peixes oleosos, nozes, abóbora e sementes de linhaça.
O consumo é importante porque o ômega-3 ajuda a manter os níveis de mielina, substância presente no cérebro que ajuda a melhorar o desempenho mental. Para desfrutar dos benefícios, aposte em lanches com nozes e sementes.
Vale lembrar ainda que outro estudo publicado recentemente no TodaEla descobriu que o ômega-3 também pode render alguns anos de vida a mais, além de ser proveitoso para o cérebro.
Para manter o bom humor
Se o dia não vai bem, talvez seja preciso de uma ajudinha do cardápio para o humor melhorar. É importante procurar alimentos que contribuam para aumentar os níveis de dopamina, o hormônio do bem-estar, e de serotonina, que rende a sensação de serenidade.
Alimentos açucarados e gordurosos ajudam a liberar dopamina, mas causam picos que vão resolver o problema apenas por pouco tempo. O ideal é manter o nível do hormônio constante, o que só acontece ao consumir proteínas, entre elas soja, amêndoas e ovos.
Mas se a ideia é comer algo que tenha efeito imediato, o chocolate não tem erro!
No caso da serotonina, os carboidratos poderão fornecer um pico do hormônio, mas são as proteínas dos ovos e da carne que vão fazer a sensação de serenidade durar por mais tempo.
 
Chocolate para melhorar o humor.
Para ficar alerta
Quem sofre com o sono logo após o almoço pode contar com o café para que o cérebro volte às atividades. A cafeína realmente incentiva as células a serem mais ativas, mas em excesso, pode causar um efeito desagradável.
Consumir mais que uma xícara de café vai fazer com que o cérebro entre em estado de alerta, estimulando a produção de adrenalina. Assim, você vai ficar alerta no início, mas poderá se sentir ansioso em seguida, o que acaba com a capacidade de pensar com clareza.
Por isso, para espantar o sono, tome apenas uma dose de espresso.
Para a memória
A capacidade de se lembrar das coisas depende de como o cérebro consegue estabelecer conexões. E para produzi-las, as células precisam de uma ajudinha especial de substâncias que certos alimentos podem ajudar a liberar.
Assim, aposte no consumo de fígado, ovos e soja, que contribuem para a produção de colina, substância para ajudar você a se lembrar das coisas. Vegetais como repolho, brócolis e couve-flor também podem contribuir para o trabalho mental, mas eles devem ser consumidos regularmente.

conteúdo
todaela
Lediane Filus

Nenhum comentário:

Postar um comentário