21/03/2019

CURUZES - Bolsonaro DESPENCA 15 pontos e vai a 34%, diz Ibope



Em apenas dois meses, a aprovação do governo de Jair Bolsonaro caiu 15 pontos percentuais e chegou a 34%, revelou uma pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (20/03). Em janeiro, 49% dos entrevistados consideravam o governo ótimo ou bom.

Já a rejeição ao governo cresceu 13 pontos percentuais, alcançado 24%. Há dois meses essa avaliação foi feita por 11% dos entrevistados. Outros 34% disseram que consideram o governo de Bolsonaro regular e 8% não souberam responder.
Em comparação a outros presidentes, Bolsonaro teve o pior índice de popularidade no começo de um governo. Em seus primeiros mandatos, Fernando Henrique Cardoso foi aprovado por 41% dos entrevistados, Luiz Inácio Lula da Silva por 51% e Dilma Rousseff por 56%. A aprovação do ex-militar é maior, porém, do que no início do segundo mandato dos governos FHC e Dilma.
O Ibope também questionou os entrevistados sobre a maneira de governar de Bolsonaro, que foi aprovada por 51% dos participantes da pesquisa e desaprovada por 38%.
O levantamento avaliou ainda a confiança no presidente, que registou uma perda de 13 pontos percentuais, passando dos 62% registrado em janeiro para 49%. A desconfiança, porém, pulou de 30% para 44%.
De acordo com o Ibope, os maiores índices de aprovação de Bolsonaro estão entre os brasileiros de renda mais alta. Já os evangélicos são o grupo que mais confia no presidente.
Nos primeiros meses de governo, denúncias de corrupção no gabinete de Flavio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, e de um esquema de candidaturas laranjas no PSL, partido do presidente, além da proximidade de sua família com milícias, abalaram a popularidade de Bolsonaro.
O Ibope ouviu 2.002 pessoas entre os dias 16 e 19 de março. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

conteúdo
DW

Nenhum comentário:

Postar um comentário