29/03/2019

Elias Glaucio entrevista Sérgio Pinheiro, vice Prefeito de Colombo



O blogueiro Elias Claucio (É assim que se escreve o nome), a quem atribuo a criação da mídia em Colombo, conhecido nas redes sociais como Blog do Elias Glaucio, entrevistou rapidamente esta semana o vice Prefeito de Colombo, Sérgio Pinheiro, foram 'dois dedos de prosa', como costuma publicar o blogueiro.

Veja a entrevista na íntegra:
Com uma visão municipalista e de politico marcado por ideias novas, Sérgio Roberto Pinheiro,43, atual vice-prefeito de Colombo e pré-candidato ao cargo maior do executivo em 2020, sabe muito bem do seu papel nesse momento em que a pré-campanha já está na pauta do dia de todos os agentes politicos e de boa parte da população do município, Funcionário concursado  da Prefeitura desde o inicio dos anos 90, Sérgio Pinheiro começou sua carreira politica em 2012, quando se elegeu vereador, foi eleito vice-presidente do Legislativo e ocupou  o cargo de presidente em lugar do vereador Pelé, que teve de assumir a prefeitura interinamento durante os meses de janeiro e parte de fevereiro de 2013. Casado com Paula Pinheiro e pai de Duda Pinheiro, o politico sabe da importância das próximas eleições para os colombenses e qual o seu papel nesse jogo, e de como deverá agir se for eleito, antes disso, Sérgio tem a noção do desafio, que daqui até outubro de 2020 terá de enfrentar, e foi sobre isso que conversamos com ele. Confira:

1-Como você vê essa polarização pré-campanha? Não está precoce demais?
Sérgio Pinheiro:  Primeiramente, vejo que ainda é cedo, como você frisou. No entanto, acredito que deva surgir também outros nomes até o próximo pleito eleitoral. Não consigo vislumbrar quais seriam esses nomes, mas vejo como importante para o processo democrático. Somente assim a população teria opções e alternativas para avaliar.
2-Você é vice-prefeito, como você exerce essa função no dia a dia?
Sérgio Pinheiro: Exerço com muito respeito às pessoas, busco sempre atender e responder os que me procuram, estando sempre em contato próximo. Além disso, tenho feito também um trabalho externo, buscando contato com os deputados estaduais e federais que nosso município ajudou a eleger, com toda certeza essa contribuição tem que ser reciproca, e é de fato o que está acontecendo. Temos conseguido recursos com governo estadual e federal. Sabemos que há muito o que se fazer ainda, mas mantemos a cabeça erguida e vamos em busca das alternativas pra propor as novas soluções.
3- Não há ainda nenhuma pesquisa oficial sobre a eleição do ano que vem, você deve ter um raio x do atual momento em mãos, como está o desempenho? 
Sérgio Pinheiro: Sobre pesquisa eleitoral ainda não temos conhecimento. Vejo que ainda é muito cedo, mais seria interessante termos algumas informações apenas pra analisar o cenário de momento.
4-Você é visto como o pré-candidato da situação, como a população tem falado com você sobre esse assunto?
Sérgio Pinheiro: Sim, entendo que alguns tem visto eu como candidato da situação. Temos conversado bastante com a população a respeito disso. Mas independente de candidato da situação ou oposição, o que prevalece mesmo é a identidade que temos, e eu tenho a minha identidade própria. Para ser prefeito de Colombo, você precisa ter sua identidade e seu posicionamento e a partir daí ver como tomar as melhores decisões para o município, sempre em consonância e o entendimento do bem maior que é o povo. Sem isso, e sem o entendimento da maioria não é possível administrar.
5-Momento da pré-campanha tem sido marcado por muitos ataques pessoais por parte dos simpatizantes, que razões você vê para isso?
Infelizmente temos que passar por esse momento indesejado. Vejo que isso poderia ser diferente. Algumas situações são provocadas e simplesmente lançadas nas redes sociais sem a menor fundamentação ou comprovação. A conversa e a discussão tem que abranger o aspecto político e não pessoal. Sempre procuro ser bastante claro e sincero em minhas ações e manifestos. Não comungo com ataques, seja pessoal ou político.
6-Você está com uma boa base de apoios?
Sérgio Pinheiro: Sim estamos com uma base de apoio muito boa, somos muito bem relacionados, temos muitos amigos e pessoas que acreditam em nossa proposta. Essa base de apoio com toda certeza irá aumentar com o passar do tempo. Tenho o entendimento que as pessoas que não conhecem o Sérgio precisam conhecer, isso vai acontecer. Acontecendo, com certeza teremos mais apoio.
7- Como seria uma futura administração sob teu comando? Já pensou nisso? A população te cobra posições?
Sérgio Pinheiro: Sim, já pensei nisso. Tenho sido cobrado pela população em vários aspectos para o futuro. Primeiramente, posso dizer que sou pré-candidato e se por ventura eleito, pedirei muita sabedoria a Deus. É um desafio muito grande administrar a oitava cidade do estado. Hoje a palavra-chave é “Gestão”, temos que administrar com seriedade e planejar o futuro. Precisamos de pessoas proativas e inovadoras, que trabalhem com objetivos e acima de tudo respeitando e ouvindo as pessoas. Com minha experiência de administrador e pós graduado em gestão pública vejo que posso contribuir muito. Minha experiência como servidor, e contanto que nesse período de 27 anos passaram 6 gestões (4 prefeitos), pude avaliar o desempenho de cada um deles. Isso me fortalece, para que quando chegar esta oportunidade, possa desenvolver o melhor trabalho às pessoas que mais precisam, corrigindo os erros do passando e oportunizando as melhores soluções
8- É normal que o segundo mandato de uma gestão sofra um desgaste, isso te preocupa?
Sérgio Pinheiro: Sim, vejo que geralmente, não só em nosso município, mas em toda a federação o desgaste do segundo mandato acontece. Mas não podemos ver isso como uma regra. Apesar de toda a crise política e econômica, que abala todos os municípios, a nossa cidade vem crescendo e se desenvolvendo. Espero que essa crise vá embora e os recursos federais cheguem mais até as cidades, onde é o chão que os cidadãos pisam e não fique somente em Brasília. No entanto, não podemos nos abalar com a crise, devemos enfrentá-la e sermos mais firmes e cuidadosos com as decisões, pois são nessas horas difíceis que conhecemos o verdadeiro administrador. Administrar num cenário favorável é fácil, agora administrar dificuldades financeiras, conflitos, isto sim é uma desafio.
9- Você e bem visto pelos servidores públicos, eles estão receptivos?
Sérgio Pinheiro: Sim, acredito que sou bem visto. Tenho muitos amigos e colegas servidores, e quem me conhece sabe. São muito receptivos com certeza. Tenho orgulho de ser servidor, sempre trabalhei sério e com muito respeito a eles. Eles são a peça chave de uma engrenagem grande, “A Prefeitura”. Sem eles nada aconteceria.
10-  Como tem sido a tua relação com o novo Governo?
Sérgio Pinheiro: Na eleição passada demos apoio para a ex-governadora  Cida Borghetthi, ela foi muito positiva como governadora na ocasião, nos liberando alguns recursos através de parceria com nosso município, o exemplo foi a continuidade das obras da Rodovia da Uva, dentre diversos outros convênios em outras áreas. No caso do atual governador, respeitamos a vontade democrática do povo paranaense e desejamos com certeza um excelente trabalho. Esperamos que nosso governador seja municipalista, sempre defendo essa tese. É aqui nas cidades que as coisas precisam acontecer. Estamos bem esperançosos, e acreditamos que o governador vai olhar também com carinho pra Colombo. A relação é boa.

conteúdo
Blog do Elias Glaucio

Nenhum comentário:

Postar um comentário