21/03/2019

Michel Temer é preso pela Lava Jato



O ex-presidente da República Michel Temer foi preso pela Operação Lava Jato na manhã desta quinta-feira, 21 de março. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, responsável pela operação na 7ª Vara pelo Rio de Janeiro, e também tem como alvo o ex-ministro Moreira Franco, preso pouco depois, e o Coronel Lima, homem de confiança de Temer.

O ex-presidente estava em São Paulo, quando foi detido. A prisão tem relação com a operação Radioatividade, um desmembramento da Lava Jato, que apura o pagamento de propina a dirigentes da Eletronuclear desde 2015. Michel Temer já havia sido denunciado em dezembro na Lava Jato, em um processo que corria no Supremo Tribunal Federal (STF), por lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva em um caso envolvendo o setor portuário de Santos. Ao deixar a Presidência, em janeiro deste ano, Temer perdeu o direito ao foro privilegiado e seus processos foram remetidos para a primeira instância. O ex-presidente tem ao menos outras cinco investigações abertas.

conteúdo
El País

Nenhum comentário:

Postar um comentário