22/04/2019

GREVE NO PARANÁ - Professores, agentes penitenciários e caminhoneiros devem parar dia 29



O governador Ratinho Jr. deverá enfrentar sua primeira GREVE dia 29 de abril...

A data, que ficou marcada na história do Paraná como o dia que os professores foram MASSACRADOS por Beto 'malvadeza' Richa em 2.015, do qual Ratinho Jr. era secretário de estado, será a mesma que os professores, agentes penitenciários e caminhoneiros utilizarão para parar, podendo vir a ter adesão de outras categorias...
O local central da GREVE deverá ser a mesma praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico.
A idéia é convencer os deputados do reajuste reivindicado de 6%, que, Ratinho Jr. enquanto deputado era favorável e, agora governador não arreda o pé em ser contra...

O governo é contra a greve e tem trabalhado nos bastidores para dissuadir que a mesma ocorra, ao que parece sem surtir o efeito desejado até o momento...


Com pouco mais de 100 dias de governo, a GREVE seria uma prova de fogo para a gestão de Ratinho Jr. ainda em seu início...



Ratinho Junior e o chefe da Casa Civil, Guto Silva, juram de pés juntos para a imprensa, que não tem condições de dar o reajuste, alegando que não consta na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) encaminhada e aprovada pela Assembleia Legislativa ano passado. 

Além de não ter reservas em caixa, desmentindo os R$ 5 bilhões anunciados pela ex-governadora Cida Borghetti, quando a mesma deixou o governo...

Agora resta saber se os grevistas serão recebidos com diálogo ou com bombas...

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos....



Nenhum comentário:

Postar um comentário