20/07/2019

Anibelli Neto acredita na justiça e verdade prevalecerá



O deputado estadual Anibelli Neto é atacado pela 'velha mídia', com matérias sensacionalistas, difamatórias e caluniosas.

Desta vez, deturpam a verdade sobre suas despesas no exercício do mandato na Assembléia Legislativa do Paraná.
Em uma decisão liminar, que pode ser revertida pela justiça, o juiz Jailton Tontini, determinou o bloqueio de bens do deputado, no valor de R$ 175 mil, por discordar do ressarcimento legítimo de despesas legais do deputado, após denuncia de uma O.N.G..
Explico, no exercício do mandato, um deputado participa quase que diariamente de eventos, reuniões, sempre com diversas pessoas, normalmente havendo despesas com alimentação.
Havendo para tais despesas o ressarcimento da Assembléia Legislativa do Paraná.
Quero acreditar que o juiz foi induzido ao erro pela referida O.N.G., afinal os juízes tem direito ao auxílio moradia, auxílio alimentação e ressarcimento de despesas, mesmo tendo seus salários, além de outros 'penduricalhos' legais.

Reuniões e eventos ocorrem em empresas, escolas, lojas,  restaurantes, lanchonetes, bares, confeitarias, panificadoras, mercados, igrejas, pátios, ou seja, nos mais variados locais públicos e privados, afinal a atividade parlamentar não é restrita a um único ambiente. 

Uma O.N.G. (Organização Não Governamental) entrou com uma ação na justiça contestando os ressarcimentos de despesas do deputado Anibelli Neto, dando farta divulgação midiática a isso...

A mídia, ONG's, órgãos sérios de imprensa, associações e o povo, tem o direito e dever de fiscalizar nossos políticos, mas, apresentando fatos relevantes e verdadeiros, jamais com o único intuito de caluniar e difamar.

Na denuncia da O.N.G. um fato que chamou a atenção, foi o ressarcimento em um único restaurante por 131 notas...
Só que no período de 5 anos (2.014 a 2.019)...

5 anos tem 60 meses, 1.825 dias, dos quais o deputado teve míseros 131 dias de ressarcimentos por alimentação no referido restaurante.

Quer dizer que o deputado não pode almoçar enquanto está em trabalho e reunido com eleitores, lideranças políticas e representantes de classes?

E vejam que os valores não foram contestados, mas sim a quantidade de dias...

Também alegaram que teve R$ 233 mil em despesas nos últimos 5 anos, o que dá uma média de R$ 127 por dia. Vamos ser coerentes e ver que isso para o trabalho de um deputado que atende mais de 300 municípios do Paraná é irrisório. 

Contestaram despesas em bares, padarias, restaurantes, lugares que normalmente ocorrem reuniões, eventos, conversações, que as pessoas presentes se alimentam, despesas estas ressarcidas legalmente posteriormente.
Não atacam irregularidades legais do deputado, partem para a calúnia, difamação pública, aproveitando o momento político do Brasil para levantar ilações contra sua honra e caráter.

Anibelli Neto tem um histórico ilibado de trabalho pelo Paraná, iniciando uma vitoriosa trajetória na política já nos tempos de faculdade. Graduado em Medicina Veterinária e cursando faculdade de Direito na Universidade Tuiuti do Paraná, em 1999, exerceu os cargos de vice-presidente e presidente do Centro Acadêmico da instituição.
Em 2001 foi eleito vice-presidente da União Paranaense dos Estudantes (UPE) e presidente da mesma entidade nos anos de 2002 e 2003.
Em sua gestão ajudou na criação do Programa Universidade Para Todos – ProUni – participando ativamente das articulações do projeto de Reforma Universitária.
Com o destaque das conquistas pela UPE, foi eleito, em 2003, vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) no Paraná. O passo seguinte foi a conquista da Secretaria Geral e da Presidência do PMDB Jovem.
Em 2007, assumiu o Departamento de Fomento Rodoviário aos Municípios da Secretaria de Estado dos Transportes, onde realizou parceria com diversos Municípios, construindo pontes de concreto em diversas cidades do Paraná.
Por seu trabalho sempre com o MDB, Anibelli conhece bem a base emedebista e teve a honra de ter sido eleito em 2015 Vice-Presidente do partido no Paraná, cargo que vem exercendo sem medir esforços para estar presente em todos os Municípios em que é convidado, fortalecendo o partido em todo o estado.
Antonio Anibelli Neto foi eleito pela primeira vez deputado estadual em 2010, conquistando votos em 184 municípios paranaenses. Em 2014 foi reeleito para seu segundo mandato com 49.349 votos, ampliando sua base eleitoral para 300 municípios e reeleito em 2.018.

Anibelli Neto acredita na justiça e a verdade prevalecerá! 
Todos os reembolsos do deputado Anibelli foram sempre aprovados pela Assembléia Legislativa do Paraná.
O presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano, deixou claro que os reembolsos são legítimos e amparados por resolução da mesa executiva da Casa de Leis.

Resta saber agora a quem interessa os ataques ao caráter e a honra de Anibelli Neto, que trabalha sempre em defesa dos paranaenses.

Anibelli Neto continue seu excelente trabalho em prol do Paraná, a verdade prevalecerá e você é um exemplo de luta, perseverança e defesa dos paranaenses!

Nenhum comentário:

Postar um comentário