18/10/2019

Quando cientistas enviaram uma mensagem telepática da Índia até a França



O avanço da tecnologia permitiu que cientistas enviassem uma mensagem da Índia até a França pela internet usando apenas o poder da mente. O caso aconteceu em 2014, quando uma equipe internacional conseguiu fazer essa transmissão de pensamento a mais de oito mil quilômetros de distância por meio de ondas cerebrais.

Para isso, os especialistas utilizaram um dispositivo chamado “computador cerebral baseado em eletrodo”, o que permitiu registrar a atividade elétrica neuronal do cérebro emissor e transformar as palavras “olá” e “adeus” em impulsos equivalentes do código binário.
Baseando-se na natureza particular da atividade cerebral com palavras específicas, os cientistas conseguiram conectar, várias vezes, diferentes interfaces ao cérebro através do aparelho. O primeiro voluntário, de Trivandrum, capital do estado indiano de Kerala, escolheu uma palavra e enviou o pensamento em forma de mensagem a outro voluntário, localizado em Estrasburgo, na França. 
Enquanto isso, um programa traduziu as ondas cerebrais do emissor ao código binário e transmitiu o resultado, pela internet, até um dispositivo que estimulou eletricamente o cérebro do receptor, traduzindo, ao mesmo tempo, o código binário para ondas cerebrais. A mensagem final apareceu em forma de um flash de luz. A intensidade de frequência com que foi visualizado permitiu ao sujeito decifrar a informação recebida.
Essa tecnologia é resultado de um desenvolvimento conjunto de um projeto entre a Universidade de Barcelona, a empresa francesa Axilum Robotic, a faculdade de medicina de Harvard e a empresa espanhola Starlab Barcelona.

conteúdo
Science Alert
historyplay

Nenhum comentário:

Postar um comentário