24/08/2020

BUEMBA BUEMBA - Thiago de Jesus é "corneado" por Felipe Francischini em Colombo

 


O deputado federal Felipe Francischini e o vereador Thiago de Jesus construíram juntos uma parceria política em Colombo nas eleições de 2.018, que resultou em mais de 6 mil votos para Felipe no município, ajudando a se eleger deputado federal.

Thiago de Jesus, carregou nas costas o nome de Felipe e Gilberto Ribeiro (que é deputado estadual e mantém a parceria com Thiago), mas, parece que o amor acabou e Felipe se debandou de mala e cuia para os braços de Helder Lazarotto, que vai de mal a pior na preferência dos colombenses...

O Vereador e pré-candidato a prefeito Thiago de Jesus, não deixou barato e escancarou a "traição" de Felipe Francischini em suas redes sociais:

 

Já Helder não perdeu tempo e postou o novo "amor" junto com sua esposa Elisângela, que, mesmo jurando que não é política, que não faz politicagem, é a presidente do PSL em Colombo, partido de Francischini...



Sai perdendo Francischini, que abraça uma pré-candidatura completamente desgastada e 100% sem fôlego, ganha Thiago de Jesus, que, antes do pleito eleitoral, já começa a identificar os ratos e traidores em sua pré-campanha.

Eu não sou eleitor de Thiago, discordo de algumas posturas políticas suas, porém, traição é inaceitável, ainda mais pelo trabalho e empenho que Thiago fez visando conseguir votos para Felipe em Colombo.

A pergunta que fica é: Por quê Thiago de Jesus foi traído por Felipe Francischini em Colombo?

Thiago simplesmente foi usado e abusado politicamente por Felipe?

Ou Thiago foi abandonado por não ser da elite da sede colombense? Segundo ele mesmo conjectura em sua fala no vídeo acima.


Fica o espaço aberto para os envolvidos se posicionarem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário